Blog
Voltar
Compartilhe

Live Commerce: o futuro da compra online

Marketing e vendas
calendar 27.12.2021

Muitos devem se lembrar dos programas de televisão em que o apresentador anunciava ofertas com tempo limitado: era só pegar o telefone e comprar. 

Com as constantes expansões digitais nos últimos anos, esse formato foi atualizado, uma tendência que surgiu na China em 2016, marcou presença no e-commerce brasileiro, a Live Commerce.

Vendas através de transmissões ao vivo foram soluções encontradas por muitas empresas pelo mundo para manterem suas vendas durante o momento pandêmico. Em 2021, o formato aconteceu de forma mais intensa durante a Black Friday, e no Brasil, grandes varejistas transmitiram ofertas exclusivas em livestream.

Como revela a pesquisa de tendência, “A Nova Década do Atendimento ao Cliente” realizada pela NeoAssist em parceria com as futuristas Sabina Deweik e Rosa Alegria, a live commerce é uma tendência que deve crescer muito no Brasil nos próximos anos.

Compras mais interativas

Se durante a pandemia os consumidores se mantiveram em casa pelas medidas restritivas, hoje é uma decisão deles sair ou não. O stream das lojas também surge como alternativa para as marcas falarem diretamente com esses clientes.

O formato de live commerce permite maior interatividade com seus consumidores, pois ao mesmo tempo que são anunciados os produtos e suas funcionalidades, os espectadores têm a possibilidade de trocar mensagens com os apresentadores e esclarecer suas dúvidas, permitindo uma experiência de compra mais humanizada.

Como torná-las um diferencial

Por si só, as lives commerce já são um diferencial, mas sem dúvidas os maiores diferenciais são a experiência mais imersiva, feedbacks instantâneos, consumo humanizado, clientes mais engajados.

Mas é importante entender que não basta apenas abrir uma transmissão ao vivo e mostrar vários produtos, para que as transmissões surtam o resultado mencionado é preciso entender o que deve ser feito.

Decifre quem são seus públicos

Esse é o início de qualquer projeto. É muito importante saber quem são seus consumidores, qual tipo de linguagem preferem (mais ou menos formal), quanto pretendem investir, o que estão procurando ao entrar em sua transmissão, o tipo de dúvidas mais recorrentes sobre seus produtos etc. 

Um bom levantamento sobre seus consumidores é um passo primordial.

Planejamento do estoque

As pessoas on-line nas transmissões buscam as melhores ofertas. Normalmente essas lives duram em torno de uma hora ou mais, então é preciso ter um bom planejamento de estoque para atender a demanda da audiência. 

Saiba quais são os produtos curva A e os curva B e C, dessa forma dá para fazer de uma forma balanceada os produtos que serão anunciados.

Descontos reais

As ofertas devem ser pensadas com real motivação de compra. Os consumidores que estiverem on-line já estão pré-dispostos a comprar, juntando essa necessidade com alguns gatilhos como escassez, a decisão de compra pode ser mais certeira.  

Outro ponto é que em live commerce, muitos consumidores buscam ofertas e produtos exclusivos, afinal, ele está em sua audiência querendo diferenciais e atender essa expectativa pode surtir maiores efeitos, tanto de compra quanto de engajamento.

É importante ter ofertas e descontos que sejam relevantes, que realmente valham para seus clientes, pois caso contrário, eles ficarão frustrados e podem vir não fazer mais pedidos com sua loja. 

Canal de transmissão

Uma vez mapeado seus consumidores, suas preferências, alinhou as regras de desconto com o estoque, é hora de definir onde acontecerá sua livestream.

Algumas redes sociais permitem que sejam feitas as transmissões ao vivo com chat e interações instantâneas, por exemplo Youtube, Facebook e Instagram. Outra alternativa é transmitir em seu próprio site ou aplicativo, alinhando facilidade de compra e número de acessos.

Para planejar a transmissão é importante entender como será toda a jornada de compra, já que enquanto o cliente assiste ao conteúdo ele precisará acessar links ou ler QR codes para finalizar suas compras.

Omnichannel de verdade

As transmissões ao vivo exigirá uma comunicação mais eficiente. Além de estar atento ao que está sendo comentado na live, os outros canais disponíveis devem estar integrados e preparados para as demandas do evento. É necessário que a equipe esteja preparada e ciente sobre os descontos e produtos ofertados.

Canais de Atendimento: quais disponibilizar?

556 posts
newsletter

Assine nosso blog

Fique por dentro do mundo do atendimento ao cliente. É de graça!